14 de dez de 2015

Domingo marcou encolhimento de protestos contra o governo Dilma

Em Salvador, protesto reuniu cerca de mil pessoas ((Foto: Juliana Almirante/G1)
Em número menor na comparação com as mobilizações de março, abril e agosto, manifestantes favoráveis ao afastamento da presidente Dilma Rousseff voltaram a sair às ruas neste domingo em uma centena de cidades em 23 Estados e no Distrito Federal, 11 dias após ser deflagrado o processo de impeachment. Para os organizadores, a adesão inferior aos atos anteriores se deve ao pouco tempo de mobilização. A expectativa é de que o engajamento aumente no próximo protesto, marcado para 13 de março, quando eles imaginam que o impedimento de Dilma esteja próximo de ser votado. Em Salvador, segundo a Polícia Militar, cerca de 500 manifestantes participaram da manifestação, que ocorreu de forma pacífica. De acordo com um dos organizadores, a estimativa é de que o ato reuniu cerca de mil pessoas. Um outro grupo calculou a participação de duas mil pessoas no que chamaram de "auge" da manifestação. Em São Paulo, maior cidade do país, cerca de 30 mil pessoas saíram de casa para apoiar o impeachment, segundo a Polícia Militar (PM). Em agosto, a estimativa foi de 350 mil. Os organizadores, porém, calcularam que até 100 mil passaram pela Avenida Paulista – o Datafolha calcula 40 mil participantes. 

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More